16 de novembro de 2009

Implicâncias

Você tem implicâncias? Pois bem, eu tenho. Pra que cargas d’água dizer marco regulatório? Para definir um conjunto de normas que regulam um serviço público realizado por empresas privadas, por que não dizer simplesmente regulamentação? Ou mesmo normas? Seja para energia, telefonia, pré-sal e o escambal... Por que hoje em dia a palavra pontual virou vírgula? Tudo é pontual, menos o tempo. E tenho a mesma implicância com a expressão risco de morte. Mataram o risco de vida. Pior do que risco de morte é a variante risco de morrer. O sujeito leva cinco tiros, vai pro hospital, é operado e o repórter da TV diz: “(...) não corre risco de morrer.” Hum, imagina se não corre...
Saindo um pouco do terreno das expressões, qual o objetivo para que os jogadores fiquem perfilados nos gramados antes do jogo de futebol, enganando a si próprios, ruminando chicletes? Essa mania de interpretar o hino nacional não é legal. Em geral, versões rebuscadas do hino geram um desastre cívico, como o caso da Vanusa. E confesso, implico com a decisão do dirigente da Federação Paulista de executar o Hino Nacional antes de qualquer partida no estado (logicamente de SP), até mesmo São Joanense x Itapetinga, para um público de 23 pagantes e quase sempre é uma execução de verdade no sentindo fatal da palavra. Os jogadores, todos, fingem que cantam junto enquanto mascam chicletes e pensam no próximo contrato e, os torcedores, xingam a mãe do árbitro. Acha que é só? Implico mais. Implico com as pessoas que vão ao teatro somente para tossir, implico com o horário gratuito de políticos (embora eu os ache uma diversão e tanto!) prometendo trabalhar para a saúde, educação, segurança, como se fosse possível trabalhar contra tudo isso; implico com os discursos na Câmara do Suplicy (aí é demais!), implico com o trânsito irracional das marginais, implico com a faculdade que fez a estupidez de expulsar a moça do vestido curto (e sentiu-se obrigada em aceitá-la de volta...), implico com a impunidade permanente das invasões bárbaras do MST, implico com os bandidos e... Bom, acho melhor não implicar com eles não. E também paro por aqui, antes que vocês impliquem comigo!

2 comentários:

Hermes C. Fernandes disse...

Oi Lucas! Parabéns pelo belo trabalho no blog. Já estou seguindo.

Aproveito para lhe convidar para conhecer o meu blog, e se desejar também segui-lo, será uma honra.

Seus comentários também serão muito bem-vindos.

www.hermesfernandes.blogspot.com

Te espero lá!

Hogwarts disse...

Sr.Lucas
o sr. foi convidado para estudar em Hogwarts
está na Grifinória
siga Hogwarts e sua mais nova casa
atenciosamente,Alvo Dumbledore.

Postar um comentário